Kalleu de Alencar

Kalleu de Alencar

Químico

Fortaleza, CE

Kalleu de Alencar é graduando em Química pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE). Bolsista de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Instituto Federal do Ceará (PIBITI/IFCE) com atuação no Laboratório de Produtos Naturais do Horto de Plantas Medicinais Prof. Dr. Francisco José de Abreu Matos da Universidade Federal do Ceará (LPN/UFC). Membro do Laboratório de Neurofarmacologia/Neuropsicofarmacologia do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará (LABNEURO/NPDM/UFC). Integrante do Grupo de Pesquisa em Química Ambiental (GPQAmb-IFCE/CNPq), na linha da Química de Produtos Naturais. Tem experiências nas áreas de Farmacognosia e Farmacologia, com ênfase em Neuropsicofarmacologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Estudos de substâncias sintéticas ou naturais, ou drogas com ação no Sistema Nervoso Central, Estudos comportamentais e neuroquímicos com drogas em modelos de ansiedade e depressão, Fitoquímica de compostos bioativos e Fitoterápicos.

Continuar lendo

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Química

2017 - Atual

Instituto Federal do Ceará
Orientador: Profa. Dra. Ana Karine Pessoa Bastos
Bolsista do(a): Instituto Federal do Ceará, IFCE, Brasil.

Curso técnico/profissionalizante em andamento em Mecânica Industrial

2016 - Atual

Instituto Federal do Ceará

Ensino Médio (2º grau)

2014 - 2016

Colégio Guri Sênior

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2022 -

Farmacologia Geral. (Carga horária: 128h). , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

2022 - 2022

Extensão universitária em Farmacologia de A a Z. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal do Ceará, UFC, Brasil.

2022 - 2022

Plantas Medicinais com Ação no Sistema Nervoso Central. (Carga horária: 20h). , Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais, SBPM, Brasil.

2021 - 2021

Aromaterapia e Óleos essenciais: Da Botânica à Atividade Biológica. (Carga horária: 120h). , Instituto do Saber Ativo, INSTITUTO ISA, Brasil.

2021 - 2021

Fitoterapia das raízes às flores, saber milenar que alimenta e cura. (Carga horária: 120h). , Instituto do Saber Ativo, INSTITUTO ISA, Brasil.

2021 - 2021

Estudo de plantas medicinais com ação no sistema nervoso central. (Carga horária: 8h). , Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais, SBPM, Brasil.

2021 - 2021

Elucidação estrutural de produtos naturais. (Carga horária: 24h). , Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais, SBPM, Brasil.

2021 - 2021

Estruturação de um pré-projeto de pesquisa impactante. (Carga horária: 10h). , Backup Books Editora, BBE, Brasil.

2020 - 2020

Extensão universitária em Noções de gestão da qualidade para laboratórios. (Carga horária: 20h). , Instituto Federal do Ceará, IFCE, Brasil.

2020 - 2020

Extensão universitária em Ácidos e bases orgânicos. (Carga horária: 10h). , Instituto Federal do Ceará, IFCE, Brasil.

2020 - 2020

Extensão universitária em Mecanismos de reações orgânicas. (Carga horária: 10h). , Instituto Federal do Ceará, IFCE, Brasil.

2019 - 2019

Extensão universitária em Gerenciamento de resíduos laboratoriais. (Carga horária: 12h). , Instituto Federal do Ceará, IFCE, Brasil.

2018 - 2018

Extensão universitária em Programa de resíduos químicos e contribuição na área de química analítica. (Carga horária: 12h). , Instituto Federal do Ceará, IFCE, Brasil.

2018 - 2018

Formação de Multiplicadores em Prevenção ao Uso Indevido de Drogas. (Carga horária: 40h). , Polícia Civil do Estado do Ceará, PC/CE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Neuropsicofarmacologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Farmácia / Subárea: Farmacognosia.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Fitoquímica de Produtos Naturais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

BIESKI, I. G. C. ; de Alencar, K. ; APOLINARIO, J. M. S. S. ; SILVA, D. X. . Jornada FitoAromas. 2021. (Outro).

BIESKI, I. G. C. ; de Alencar, K. ; APOLINARIO, J. M. S. S. . Workshop FITORAIZ - Fitoterapia das raízes às flores. 2021. (Outro).

NASCIMENTO, J. B. M. ; de Alencar, K. ; SOUSA, L. C. C. ; SILVA, C. S. . VII Encontro dos Núcleos de Acessibilidade às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas do IFCE. 2021. (Outro).

NASCIMENTO, J. B. M. ; de Alencar, K. . IFCE Inclusivo. 2021. (Outro).

de Alencar, K. . VI Congresso Nacional de Educação - CONEDU. 2019. (Congresso).

NASCIMENTO, J. B. M. ; NASCIMENTO NETO, J. R. ; de Alencar, K. ; QUEIROZ, A. S. . IFCE Inclusivo. 2019. (Outro).

NASCIMENTO, J. B. M. ; NASCIMENTO NETO, J. R. ; de Alencar, K. ; AGUIAR, S. S. ; QUEIROZ, A. S. . Encontros Inclusivos: Aprendendo com as diferenças. 2018. (Outro).

de Alencar, K. . VI Congresso Nacional de Educação - CONEDU. 2019. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

WEBINAR - Farmacovigilância de plantas medicinais. 2022. (Encontro).

Workshop em Fitoterapia Clínica. 2022. (Encontro).

30 dias de ciência.Associação Brasileiro de Incentivo à Ciência - ABRIC. 2021. (Encontro).

I Simpósio Farmácias Vivas do Brasil. 2021. (Simpósio).

Workshop Jardim Medicinal. 2021. (Encontro).

30 dias de ciência.Associação Brasileiro de Incentivo à Ciência - ABRIC. 2020. (Encontro).

8ª Semana da Luta da Pessoa com Deficiência de Maracanaú. 2020. (Encontro).

Feira Brasileira de Jovens Cientistas. FBJC. 2020. (Feira).

Geral com química em casa - IFCE campus Ubajara. 2020. (Encontro).

I Congresso Internacional Virtual de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (CONINP). Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. 2020. (Congresso).

Química analítica - técnicas espectroscópicas. 2020. (Encontro).

Ceará Científico. Secretária de Educação do Ceará - SEDUC/CE. 2019. (Feira).

Expo Nacional MILSET Brasil. -. 2019. (Feira).

II Conferência sobre Agrotóxicos: Ciência e Vivências/Defensivos ou Ofensivos.. 2019. (Encontro).

II Feira de Ciência, Inovação e Tecnologia de Maracanaú - FECITEC. SETEC/COFOTEC. 2019. (Feira).

III Mostra Científica e profissional LMB. Secretária de Educaçã do Ceará - SEDUC/CE. 2019. (Feira).

SEMANQ/IFCE - Semana de Química do Instituto Federal do Ceará. 2019. (Outra).

VII SQMA - Semana da Química e Meio Ambiente - Instituto Federal do Ceará (IFCE). 2019. (Encontro).

Feira de Ciência, Inovação e Tecnologia de Maracanaú - FECITEC. SETEC - COFOTEC. 2018. (Feira).

I Conferência sobre Agrotóxicos: Regulamentação, Utilização e Efeitos na Saúde. 2018. (Encontro).

I Encontro Cearense de Ciências Forenses. 2018. (Encontro).

PAID - Palestras Para Apresentar, Integrar e Desenvolver a Química.Instituto Federal do Ceará (IFCE). 2018. (Encontro).

VII Encontro Nacional das Licenciaturas - ENALIC. ENCONTROS INCLUSIVOS: Aprendendo com as diferenças. 2018. (Congresso).

VI SQMA - Semana da Química e Meio Ambiente - Instituto Federal do Ceará (IFCE). 2018. (Encontro).

V Semana de Integração Científica - Instituto Federal do Ceará (IFCE). 2018. (Encontro).

IV Semana de Integração Científica - Instituto Federal do Ceará (IFCE). 2017. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

de Alencar, K.. Expo Nacional Milset Brasil. 2021. Movimento Internacional para o Recreio Científico e Técnico - MILSET.

de Alencar, K.. Feira de Ciências e Engenharia do Estado do Amapá (FECEAP). 2021. Secretaria de Educação do Amapá.

de Alencar, K.. Feira Brasileira de Jovens Cientistas. 2020. FBJC.

de Alencar, K.. + Science.. 2020. MAIS Startup.

de Alencar, K.. Mostra Científica. 2020. Colégio Mãe de Deus - Londrina/PR.

de Alencar, K.. Feira Nacional de Ciências e Tecnologias Dante Alighieri - 2ª FeNaDante. 2020. Colégio Dante Alighieri (São Paulo).

de Alencar, K.. Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (FETEC). 2020. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

de Alencar, K.. Feira da Iniciação Científica no Pontal do Triângulo Mineiro (FICP). 2020. Associação Mineira de Pesquisa e Iniciação Científica.

de Alencar, K.. Feira Brasileira de Iniciação Científica. 2020. FEBIC.

de Alencar, K.. Feira de Ciências Norte Capixaba (Fecinc). 2020. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

de Alencar, K.. Feira Mineira de Iniciação Científica - FEMIC. 2020. Universidade do Estado de Minas Gerais.

de Alencar, K.. Expo Nacional MILSET Brasil. 2019. Movimento Internacional para o Recreio Científico e Técnico - MILSET.

de Alencar, K.. III Mostra Científica e profissional LMB. 2019. Secretaria da Educação Básica do Ceará.

de Alencar, K.PEIXOTO, F. P. R.SANTIAGO, S. B.. II Feira de Ciências, Inovação e Tecnologia do município de Maracanaú - FECITEC. 2019. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Formação Tecnológica.

de Alencar, K.. Ceará Científico. 2019. Governo do Estado do Ceará.

de Alencar, K.. Feira de Ciências, Inovação e Tecnologia do município de Maracanaú - FECITEC. 2018. Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Formação Tecnológica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

João Pedro Santos Alves

Astroquímica: um estudo bibliográfico sobre a formação de elementos químicos na estrela VY Canis Majoris; 2020; Orientação de outra natureza; (Química) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ana Karine Pessoa Bastos

Estudo fitoquímico do pau d'arco: Insumo farmacêutico; Início: 2021; Iniciação científica (Graduando em Licenciatura em Química) - Instituo Federal de Educ; Ciência; e Tec; do Ceará - Campus Marcanaú, Instituto Federal do Ceará; (Orientador);

Ana Karine Pessoa Bastos

Caracterização fitoquímica diferencial entre Cymbopogon citratus (Capim santo) e Cymbopogon winterianus Jowitt (Capim citronela); 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Licenciatura em Química) - Instituto Federal do Ceará; Orientador: Ana Karine Pessoa Bastos;

Ana Karine Pessoa Bastos

Caracterização fitoquímica diferencial entre Cymbopogon citratus (Capim santo) e Cymbopogon winterianus Jowitt (Capim citronela); 2021; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Instituto Federal do Ceará; Orientador: Ana Karine Pessoa Bastos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • de Alencar, Kalleu ; SAMPAIO, CAROLINE DE GOES ; ALVES, FRANCISCO DE ASSIS FRANCELINO . Toxicologia forense: estudo bibliográfico sobre as técnicas relacionadas à química analítica nas investigações criminais. REVISTA BRASILEIRA DE CRIMINALISTICA , v. 11, p. 59-64, 2022.

  • Carvalho, Kalleu Fernando de Alencar ; ALVES, FRANCISCO DE ASSIS FRANCELINO . Monitoria acadêmica no ensino superior: a luz da documentação a uma experiência em um estudo de caso no IFCE/Campus Maracanaú. In: Frederico Celestino Barbosa. (Org.). PESQUISA E DESENVOLVIMENTO: UM OLHAR SOBRE A HUMANIDADE - VOLUME IV. 1ed.Piracanjuba-GO: Editora Conhecimento Livre, 2021, v. IV, p. 6-20.

  • DE OLIVEIRA, THIARLIA CARLOS ; DE LIMA, BRUNO ; DA SILVA JUNIOR, LUIZ CARLOS MORENO ; de Alencar, Kalleu ; DO NASCIMENTO, JULIANA DE BRITO MARQUES . Os desafios da educação de surdos em tempos de pandemia. In: V Simpósio Nacional de Empreendedorismo Social Enactus Brasil, 2020, On-line. Políticas públicas, empreendedorismo social e desenvolvimento socioambiental, 2020.

  • Carvalho, Kalleu Fernando de Alencar ; ALVES, FRANCISCO DE ASSIS FRANCELINO . Monitoria Acadêmica no Ensino Superior: a luz da documentação a uma experiência em um estudo de caso no IFCE/Campus Maracanaú. In: VI Congresso Nacional de Educação - CONEDU, 2019, Fortaleza- CE. Avaliação: Processos e Políticas, 2019. v. 1.

  • Carvalho, Kalleu Fernando de Alencar ; DA SILVA, AURENÍVIA FERREIRA . Metodologia Científica: uma disciplina educacional como estímulo à produção científica no ensino superior. In: VI Congresso Nacional de Educação - CONEDU, 2019, Fortaleza- CE. Avaliação: Processos e Políticas, 2019. v. 1.

  • Carvalho, Kalleu Fernando de Alencar ; ALVES, FRANCISCO DE ASSIS FRANCELINO . Metodologia Científica: um relato de experiência sobre a importância da disciplina para a produção científica. In: Congresso Internacional de Ensino e Formação Docente, 2020, Redenção - CE. Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - UNILAB, 2020.

  • GOMES, GUSTAVO DE SOUSA ; de Alencar, Kalleu . As metodologias ativas no ensino de química e suas relações com a aprendizagem significativa e a teoria cognitivista. In: III Simpósio da Graduação e Pós-Graduação do Departamento Acadêmico de Química e Biologia (DAQBI), 2020, Curitiba - PR. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), 2020.

  • ALVES, JOÃO PEDRO SANTOS ; de Alencar, Kalleu . Astroquímica: um estudo bibliográfico sobre a formação de elementos químicos na estrela VY Canis Majoris. In: III Simpósio da Graduação e Pós-Graduação do Departamento Acadêmico de Química e Biologia (DAQBI), 2020, Curitiba - PR. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), 2020.

  • de Alencar, Kalleu . Revisão bibliográfica sobre os métodos instrumentais de análise aplicados em investigações criminais no âmbito da toxicologia forense. In: III Simpósio da Graduação e Pós-Graduação do Departamento Acadêmico de Química e Biologia (DAQBI), 2020, Curitiba - PR. Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), 2020.

  • DE OLIVEIRA, THIARLIA CARLOS ; DA SILVA JUNIOR, LUIZ CARLOS MORENO ; DE LIMA, BRUNO ; de Alencar, Kalleu ; DO NASCIMENTO, JULIANA DE BRITO MARQUES . Desafios dos intérpretes de libras e alunos surdos para o acompanhamento do ensino remoto em tempos de pandemia. In: Congresso Internacional Virtual de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Instituto Federal do Ceará, 2020, Fortaleza. IFCE, 2020.

  • DO NASCIMENTO, JULIANA DE BRITO MARQUES ; DO NASCIMENTO NETO, JOSÉ RODRIGUES ; Carvalho, Kalleu Fernando de Alencar ; DE QUEIROZ, ALICE SOARES . Encontros Inclusivos: Aprendendo com as diferenças. In: VII Encontro Nacional das Licenciaturas - ENALIC, 2018, Fortaleza - CE. Educação e Resistência: a formação de professores em tempos de crise democrática, 2018. v. V. 1.

  • de Alencar, Kalleu ; DE SOUSA, ISADORA FREITAS ; DA SILVA, DANIELLI XAVIER ; SANTIAGO, SILVANY BASTOS . Relato de experiência sobre as práticas de estágio em meio à pandemia de coronavírus: uma reflexão de acadêmicos de Licenciatura em Química do Instituto Federal do Ceará. REVISTA CONEXÕES - CIÊNCIA E TECNOLOGIA , 2022.

  • Kalleu de Alencar . Currículo Lattes e ORCID - como construir o seu currículo acadêmico. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Princípios básicos e avançados do Método Científico. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Trabalhos científicos: como construí-los com base nos conhecimentos de metodologia científica. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Trabalhos Científicos: a escrita na prática. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Estratégias para alcançar publicações científicas impactantes. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Projeto de Pesquisa Impactante - estratégias para elaboração prática e científica. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Princípios básicos da pesquisa aliada a uma análise incipiente do método de pesquisa tradicional. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Como orientar e desenvolver um projeto de pesquisa na educação básica?. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar . Monitoria Acadêmica no Ensino Superior: a luz da documentação a uma experiência em um estudo de caso no IFCE/Campus Maracanaú. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Kalleu de Alencar . Metodologia Científica: uma disciplina educacional como estímulo à produção científica no ensino superior. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Francisco de Assis Francelino Alves ; Kalleu de Alencar ; Pedro David Santos Souza ; Allesson Souza dos Santos . A Reforma do Ensino Médio: Uma nova visão para o futuro. Instituto Federal do Ceará (IFCE). 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Juliana de Brito Marques do Nascimento ; José Rodrigues do Nascimento Neto ; Kalleu de Alencar ; Alice Soares de Queiroz . Tecnologias Assistidas. Feira de Ciências, Inovação e Tecnologia do município de Maracanaú - FECITEC. SETEC - COFOTEC. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Kalleu de Alencar ; Alice Soares de Queiroz . ENCONTROS INCLUSIVOS: Aprendendo com as diferenças. VII Encontro Nacional das Licenciaturas - ENALIC. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BIESKI, ISANETE GERALDINI COSTA ; DA SILVA, DANIELLI XAVIER ; GARCIA, POLLIANA ; APOLINARIO, JOELMA MARIA DOS SANTOS DA SILVA ; Carvalho, Kalleu Fernando de Alencar ; OLIVEIRA, LUCAS SOUZA ; BRAGGIO, MARTA MAIA . E-book Fitoterapia clínica baseada em evidências. Mato Grosso: Instituto do Saber Ativo - Instituto ISA, 2021 (Livro).

  • BIESKI, ISANETE GERALDINI COSTA ; DA SILVA, DANIELLI XAVIER ; APOLINARIO, JOELMA MARIA DOS SANTOS DA SILVA ; Carvalho, Kalleu Fernando de Alencar ; OLIVEIRA, LUCAS SOUZA ; BRAGGIO, MARTA MAIA ; GARCIA, POLLIANA CONCEICAO ; DOS SANTOS, RAFAELA DRAY . E-book ABC Prescrição para fitoterapia clínica - bulário inteligente de fitoterapia. Mato Grosso: Instituto do Saber Ativo - Instituto ISA, 2021 (Livro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

de Alencar, K. . Revisão de trabalhos completos da Feira Brasileira de Jovens Cientistas (FBJC). 2020.

de Alencar, K. . Consultor ad hoc da 4ª Feira Mineira de Iniciação Científica (FEMIC). 2020.

de Alencar, K. . Projeto de pesquisa - estruturação básica. 2021. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

de Alencar, K. . Princípios básicos da monitoria acadêmica como recurso acadêmico no ensino superior. 2021. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

de Alencar, K. . Ciência e Pesquisa Científica. 2021. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

de Alencar, K. . Método de Pesquisa aliado à Iniciação Científica no Ensino Superior. 2021. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

de Alencar, K. . Análise de resultados em pesquisas e propagação do conhecimento científico adquirido. 2021. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

de Alencar, K. . Metodologia Científica aplicada na construção de trabalhos acadêmicos. 2021. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

de Alencar, K. . Scientia Prima - v. 7, n. 1. 2021. (Editoração/Periódico).

de Alencar, K. . Iniciação científica para jovens pesquisadores. 2020. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

de Alencar, K. . Introdução ao método pesquisa e desenvolvimento de trabalhos científicos. 2020. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

de Alencar, Kalleu ; da Silva, Solonildo . Resenha sobre a pesquisa 'IFQuimical - Instituto Federal do Amazonas'. 2020. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material didático).

de Alencar, K. . Scientia Prima - v. 6, n. 1. 2020. (Editoração/Periódico).

de Alencar, K. ; LIMA, A. E. F. ; MORAIS, S. M. P. . Conexões - ciência e tecnologia / 2ª Edição: Mulheres na Ciência - v. 14, n. 1. 2020. (Editoração/Periódico).

de Alencar, K. ; LIMA, A. E. F. ; MORAIS, S. M. P. . Conexões - ciência e tecnologia / Edição nova - v. 14, n. 2. 2020. (Editoração/Periódico).

de Alencar, K. ; LIMA, A. E. F. ; MORAIS, S. M. P. . Conexões - ciência e tecnologia / Edição - v. 14, n. 3. 2020. (Editoração/Periódico).

de Alencar, K. ; LIMA, A. E. F. ; MORAIS, S. M. P. . Conexões - ciência e tecnologia / Edição - v. 14, n. 4. 2020. (Editoração/Periódico).

de Alencar, K. ; LIMA, A. E. F. ; MORAIS, S. M. P. . Conexões - ciência e tecnologia / 2ª Edição Especial - Centenário do Eclipse de Sobral - v. 13, n. 4. 2019. (Editoração/Periódico).

de Alencar, K. ; LIMA, A. E. F. ; MORAIS, S. M. P. . Conexões - ciência e tecnologia / Edição: Mulheres na Ciência - v. 13, n. 5. 2019. (Editoração/Periódico).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2021 - Atual

    CAPACITAÇÃO CIENTÍFICA APLICADA NO PROGRAMA DE MONITORIA COMO SUPORTE NA FORMAÇÃO DE ACADÊMICOS, Descrição: A monitoria acadêmica pode contribuir para a construção do conhecimento no espaço acadêmico proporcionando a colaboração entre estudantes, professores e instituição de ensino, auxiliando no processo de ensino-aprendizagem e estimulando o interesse pela carreira de docente. Por meio das questões suscitadas, o presente projeto tem como propositura ofertar uma capacitação científica, direcionada aos estudantes-monitores voluntários de um campus do IFCE e avaliar o efeito que uma formação como esta, direcionada para pesquisa, teria na atuação e formação desses monitores. Este estudo se caracteriza metodologicamente por ser uma pesquisa básica estratégica, utilização de uma abordagem qualitativa, quanto aos objetivos, configura-se em um estudo exploratório e a Análise de Conteúdo como metodologia de análise dos dados. O universo e sujeitos da pesquisa são estudantes-monitores voluntários de um campus do IFCE. Espera-se com isso mudar o padrão atual de monitoria na instituição, estimulando os monitores a desenvolverem pesquisas e trabalhos científicos, buscando como resultado a melhora no rendimento acadêmico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho - Integrante / Márcio Monteiro Cunha - Coordenador / Fabíola Oliveira Xavier da Silva - Integrante / Bárbara Reis de Souza - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2021 - Atual

    ESTUDO FITOQUÍMICO DO PAU D?ARCO: INSUMO FARMACÊUTICO, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Karine Pessoa Bastos em 24/08/2021., Descrição: Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos é popularmente conhecida como ipê-roxo, pau-d?arco-roxo, ipê-roxo-da-mata, entre outros. Sua resina, casca e entrecasca são utilizadas há anos na medicina popular para o tratamento de diversas doenças. Resultados de análises fitoquímicas registram como componentes da madeira principalmente o lapachol e seu derivado a ?-lapachona, aos quais são atribuídas diversas atividades farmacológicas, dentre elas, ação antimicrobiana, contraceptiva e antitumoral sendo, inclusive, desde as décadas de 60 e 70, utilizadas em quimioterapia adjuvante para o tratamento de leucemia. A parte utilizada para obtenção de lapachol é o cerne do lenho da árvore adulta, havendo, portanto, um exausto extrativismo predatório. Destarte, existe a necessidade de estudos de propagação do Pau d?Arco a fim de saber se nos brotos desta espécie, em estágios distintos de desenvolvimento, ocorre produção viável de lapachol. Assim, considerando a baixa toxicidade por via oral e, portanto, admitindo-se que o lapachol pode ser empregado sozinho ou associado a outros antineoplásicos, espera-se determinar o tamanho do broto (planta cultivada) que produz lapachol, para então preparar os extratos fluidos e elixir de Pau d?Arco com caracterização e dosagem do lapachol, bem como desenvolver uma técnica de extração deste composto que possa ser reproduzida em larga escala.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho - Integrante / Ana Karine Pessoa Bastos - Coordenador / Mary Anne Medeiros Bandeira - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Bolsa.

  • 2021 - Atual

    ESTUDO FITOQUÍMICO DO PAU DARCO: INSUMO FARMACÊUTICO, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Karine Pessoa Bastos em 24/08/2021., Descrição: Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos é popularmente conhecida como ipê-roxo, pau-darco-roxo, ipê-roxo-da-mata, entre outros. Sua resina, casca e entrecasca são utilizadas há anos na medicina popular para o tratamento de diversas doenças. Resultados de análises fitoquímicas registram como componentes da madeira principalmente o lapachol e seu derivado a ?-lapachona, aos quais são atribuídas diversas atividades farmacológicas, dentre elas, ação antimicrobiana, contraceptiva e antitumoral sendo, inclusive, desde as décadas de 60 e 70, utilizadas em quimioterapia adjuvante para o tratamento de leucemia. A parte utilizada para obtenção de lapachol é o cerne do lenho da árvore adulta, havendo, portanto, um exausto extrativismo predatório. Destarte, existe a necessidade de estudos de propagação do Pau dArco a fim de saber se nos brotos desta espécie, em estágios distintos de desenvolvimento, ocorre produção viável de lapachol. Assim, considerando a baixa toxicidade por via oral e, portanto, admitindo-se que o lapachol pode ser empregado sozinho ou associado a outros antineoplásicos, espera-se determinar o tamanho do broto (planta cultivada) que produz lapachol, para então preparar os extratos fluidos e elixir de Pau dArco com caracterização e dosagem do lapachol, bem como desenvolver uma técnica de extração deste composto que possa ser reproduzida em larga escala.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho - Integrante / Ana Karine Pessoa Bastos - Coordenador / Mary Anne Medeiros Bandeira - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Bolsa.

  • 2021 - Atual

    ESTUDO FITOQUÍMICO DO PAU D?ARCO: INSUMO FARMACÊUTICO, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Karine Pessoa Bastos em 24/08/2021., Descrição: Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos é popularmente conhecida como ipê-roxo, pau-d?arco-roxo, ipê-roxo-da-mata, entre outros. Sua resina, casca e entrecasca são utilizadas há anos na medicina popular para o tratamento de diversas doenças. Resultados de análises fitoquímicas registram como componentes da madeira principalmente o lapachol e seu derivado a ?-lapachona, aos quais são atribuídas diversas atividades farmacológicas, dentre elas, ação antimicrobiana, contraceptiva e antitumoral sendo, inclusive, desde as décadas de 60 e 70, utilizadas em quimioterapia adjuvante para o tratamento de leucemia. A parte utilizada para obtenção de lapachol é o cerne do lenho da árvore adulta, havendo, portanto, um exausto extrativismo predatório. Destarte, existe a necessidade de estudos de propagação do Pau d?Arco a fim de saber se nos brotos desta espécie, em estágios distintos de desenvolvimento, ocorre produção viável de lapachol. Assim, considerando a baixa toxicidade por via oral e, portanto, admitindo-se que o lapachol pode ser empregado sozinho ou associado a outros antineoplásicos, espera-se determinar o tamanho do broto (planta cultivada) que produz lapachol, para então preparar os extratos fluidos e elixir de Pau d?Arco com caracterização e dosagem do lapachol, bem como desenvolver uma técnica de extração deste composto que possa ser reproduzida em larga escala.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho - Integrante / Ana Karine Pessoa Bastos - Coordenador / Mary Anne Medeiros Bandeira - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Bolsa.

  • 2021 - Atual

    ESTUDO FITOQUÍMICO DO PAU D?ARCO: INSUMO FARMACÊUTICO, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Karine Pessoa Bastos em 24/08/2021., Descrição: Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos é popularmente conhecida como ipê-roxo, pau-d?arco-roxo, ipê-roxo-da-mata, entre outros. Sua resina, casca e entrecasca são utilizadas há anos na medicina popular para o tratamento de diversas doenças. Resultados de análises fitoquímicas registram como componentes da madeira principalmente o lapachol e seu derivado a ?-lapachona, aos quais são atribuídas diversas atividades farmacológicas, dentre elas, ação antimicrobiana, contraceptiva e antitumoral sendo, inclusive, desde as décadas de 60 e 70, utilizadas em quimioterapia adjuvante para o tratamento de leucemia. A parte utilizada para obtenção de lapachol é o cerne do lenho da árvore adulta, havendo, portanto, um exausto extrativismo predatório. Destarte, existe a necessidade de estudos de propagação do Pau d?Arco a fim de saber se nos brotos desta espécie, em estágios distintos de desenvolvimento, ocorre produção viável de lapachol. Assim, considerando a baixa toxicidade por via oral e, portanto, admitindo-se que o lapachol pode ser empregado sozinho ou associado a outros antineoplásicos, espera-se determinar o tamanho do broto (planta cultivada) que produz lapachol, para então preparar os extratos fluidos e elixir de Pau d?Arco com caracterização e dosagem do lapachol, bem como desenvolver uma técnica de extração deste composto que possa ser reproduzida em larga escala.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho - Integrante / Ana Karine Pessoa Bastos - Coordenador / Mary Anne Medeiros Bandeira - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Bolsa.

  • 2021 - Atual

    ESTUDO FITOQUÍMICO DO PAU D?ARCO: INSUMO FARMACÊUTICO, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Karine Pessoa Bastos em 24/08/2021., Descrição: Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos é popularmente conhecida como ipê-roxo, pau-d?arco-roxo, ipê-roxo-da-mata, entre outros. Sua resina, casca e entrecasca são utilizadas há anos na medicina popular para o tratamento de diversas doenças. Resultados de análises fitoquímicas registram como componentes da madeira principalmente o lapachol e seu derivado a ?-lapachona, aos quais são atribuídas diversas atividades farmacológicas, dentre elas, ação antimicrobiana, contraceptiva e antitumoral sendo, inclusive, desde as décadas de 60 e 70, utilizadas em quimioterapia adjuvante para o tratamento de leucemia. A parte utilizada para obtenção de lapachol é o cerne do lenho da árvore adulta, havendo, portanto, um exausto extrativismo predatório. Destarte, existe a necessidade de estudos de propagação do Pau d?Arco a fim de saber se nos brotos desta espécie, em estágios distintos de desenvolvimento, ocorre produção viável de lapachol. Assim, considerando a baixa toxicidade por via oral e, portanto, admitindo-se que o lapachol pode ser empregado sozinho ou associado a outros antineoplásicos, espera-se determinar o tamanho do broto (planta cultivada) que produz lapachol, para então preparar os extratos fluidos e elixir de Pau d?Arco com caracterização e dosagem do lapachol, bem como desenvolver uma técnica de extração deste composto que possa ser reproduzida em larga escala.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho - Integrante / Ana Karine Pessoa Bastos - Coordenador / Mary Anne Medeiros Bandeira - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Bolsa.

  • 2021 - Atual

    ESTUDO FITOQUÍMICO DO PAU D?ARCO: INSUMO FARMACÊUTICO, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ana Karine Pessoa Bastos em 24/08/2021., Descrição: Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos é popularmente conhecida como ipê-roxo, pau-d?arco-roxo, ipê-roxo-da-mata, entre outros. Sua resina, casca e entrecasca são utilizadas há anos na medicina popular para o tratamento de diversas doenças. Resultados de análises fitoquímicas registram como componentes da madeira principalmente o lapachol e seu derivado a ?-lapachona, aos quais são atribuídas diversas atividades farmacológicas, dentre elas, ação antimicrobiana, contraceptiva e antitumoral sendo, inclusive, desde as décadas de 60 e 70, utilizadas em quimioterapia adjuvante para o tratamento de leucemia. A parte utilizada para obtenção de lapachol é o cerne do lenho da árvore adulta, havendo, portanto, um exausto extrativismo predatório. Destarte, existe a necessidade de estudos de propagação do Pau d?Arco a fim de saber se nos brotos desta espécie, em estágios distintos de desenvolvimento, ocorre produção viável de lapachol. Assim, considerando a baixa toxicidade por via oral e, portanto, admitindo-se que o lapachol pode ser empregado sozinho ou associado a outros antineoplásicos, espera-se determinar o tamanho do broto (planta cultivada) que produz lapachol, para então preparar os extratos fluidos e elixir de Pau d?Arco com caracterização e dosagem do lapachol, bem como desenvolver uma técnica de extração deste composto que possa ser reproduzida em larga escala.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kalleu Fernando de Alencar Carvalho - Integrante / Ana Karine Pessoa Bastos - Coordenador / Mary Anne Medeiros Bandeira - Integrante., Financiador(es): Instituto Federal do Ceará - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Federal do Ceará, IFCE Campus Maracanaú. , Avenida Parque Central, 1315, Distrito Industrial I, 61939140 - Maracanaú, CE - Brasil, Telefone: (85) 38786300, URL da Homepage:

Experiência profissional

Colaborador/Pesquisador

2021 - Atual

Universidade Federal do Ceará

Atua como membro do Laboratório de Neurofarmacologia/Neuropsicofarmacologia (LABNEURO) do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará (NPDM/UFC). O respectivo laboratório se dedica a pesquisas pré-clínicas usando modelos animais (ratos e camundongos) de doenças que afetam o Sistema Nervoso Central como Depressão, Esquizofrenia, Mania, Autismo, Parkinson e Alzheimer na busca de drogas com potencial farmacológico nestas condições. À vista disso, Kalleu de Alencar se dedica as pesquisas que envolvem estudos comportamentais e neuroquímicos com drogas de ação no sistema nervoso central em modelos de ansiedade e depressão - Orientador(a): Profa. Dra. Francisca Cléa Florenço de Sousa (UFC).

2021 - Atual

Instituto Federal do Ceará

Bolsista de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Instituto Federal do Ceará (PIBITI/IFCE) com atuação no Laboratório de Farmacognosia e Produtos Naturais da Universidade Federal do Ceará (UFC)

2021 - 2021

Instituto do Saber Ativo - Instituto ISA

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Tutor. Tutor da empresa Instituto do Saber Ativo (Instituto ISA - CNPJ 37.931.061/0001-82), do estado de Mato Grosso, responsável pelo desenvolvimento de cursos e eventos científicos na área de fitoterapia, atuando, concomitantemente, em pesquisas sob orientação da Profa. Dra. Isanete Geraldini Costa Bieski, atual presidente do Instituto ISA.

2021 - Atual

Universidade Federal do Ceará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado. Atua no desenvolvimento de pesquisas alusivas ao Laboratório de Farmacognosia e Produtos Naturais da Universidade Federal do Ceará, localizado no Horto de Plantas Medicinais Francisco José de Abreu Matos/UFC, campus do Pici, sob orientação das professoras Dra. Mary Anne Medeiros Bandeira (UFC) e Dra. Ana Karine Pessoa Bastos (IFCE).

Estágio

2020 - 2020

Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza

Atuou como estagiário desenvolvendo atividades pedagógicas com alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental II na escola municipal Thomaz Pompeu Sobrinho - Fortaleza/CE.

2019 - 2021

Associação Brasileira de Incentivo a Ciência

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Periódico: Scientia PrimaAtua como membro do corpo editorial do periódico Scientia Prima.

2019 - 2021

Associação Brasileira de Incentivo a Ciência

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Diretor - Mestres da Ciência(ABRIC Professor). Resposável pelo gerenciamento e execução de cursos de capacitação científica para professores da educação básica brasileira, propagando o conhecimento científico para todos os estados do Brasil, através de colaboradores e associados da ABRIC.

2019 - 2020

Instituto Federal do Ceará

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Periódico: Conexões - Ciência e Tecnologia

2018 - 2018

Instituto Federal do Ceará

Vínculo: Bolsista de Extensão, Enquadramento Funcional: Planejamento e execução de projetos, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva. Planejamento e execução de projetos de extensão para o estabelecimento de um maior contato entre a instituição (Instituto Federal do Ceará) e a comunidade - Orientador(a): Profa. Ma. Juliana de Brito Marques do Nascimento.